ELOGIOS

“A soma das décadas acompanhando a vida do menino de Itapevi deixa aquela convicção de que não há predestinados: há os lutadores, que se impõem desafios maiores que eles mesmos, e que, ao vencê-los, premiam a todos nós”. Sonia Bridi, jornalista da TV Globo.

“Antunes é um self-made man que, saído de uma infância humilde no interior e após um contato tardio com o estudo, triunfou como radialista e publicitário, tornou-se professor universitário e conquistou respeito em tudo que fez”. Roberto Costa, publicitário e presidente da agência Propague.

“Desconfio que Antunes Severo não seja exatamente uma figura humana. Pelo que realizou, pelos obstáculos que superou, e pelo que sua enorme visão pretendeu realizar, sei não. Considero esta história de um menino sem certidão de nascimento até a maioridade bem difícil de acreditar. Minha hipótese é de que isso é um conto para explicar um anjo extraviado, que errou seu plano de voo, bateu na Serra do Caverá e caiu no arroio Itapevi. E, tendo perdido as asas, não teve alternativa a não ser a de vir cumprir o seu plano divino aqui nesta Ilha da Magia”. Eduardo Meditsch, professor e pesquisador da UFSC.

“Radialista, jornalista, professor universitário e pioneiro na publicidade estadual, Antunes Severo escreveu páginas memoráveis na história da comunicação catarinense. Esta feliz e oportuna iniciativa da jornalista Ana Lavratti não representa apenas uma merecida homenagem a um dos destaques do rádio na segunda metade do século passado em Santa Catarina. Com um texto leve e objetivo, a autora permite saborosa viagem a uma Florianópolis que não existe mais e que deixa saudades para muitas gerações”. Moacir Pereira, jornalista do Grupo RBS e escritor.

“Querida Ana. Parabéns mais uma vez pelo lançamento do livro. A noite estava sensacional! E termino de ler a obra hoje. Teu trabalho está formidável! Fiquei curioso sobre quantas entrevistas fizeste, quantas horas de conversas, quanto tempo de pesquisa, quanto tempo de escrita e revisões, enfim, como foi o processo inteiro de criação e edição final do livro. Quando tiveres tempo e disposição, compartilha um pouco sobre isto, porque tua realização é um marco e uma referência para outros trabalhos biográficos.Tendo já lido, com grande emoção e atenção, mais de dois terços da obra, te digo: é impecável! Abração. E felicidades! Teu colega orgulhoso e abençoado pela tua realização sobre a vida de um Ser tão amado e querido como o Antunes o é, para mim e tantos mais!” Mário Xavier, jornalista editor da Redactor.

“Caro Antunes. Antes de tudo, gostaria de dizer a você da minha emoção em ter estado no lançamento do seu livro, que já comecei a ler. Estou gostando muito do texto  limpo e  repleto de calor humano da Ana Lavratti. Considero de grande importância  esse livro por mostrar a sua infância sofrida, juventude e  maturidade repletos de desafios para chegar aos 80 anos com essa lucidez e, mais do que isso,  simplicidade e generosidade”. Chico Socorro, publicitário. PS. Magnífico o depoimento do Moacir Pereira  na primeira orelha.

Ana, você sabe da minha admiração e respeito por você. Na vida, ter um filho, escrever um livro e plantar uma árvore deveria ser a nossa meta. Você, tenho certeza, já realizou duas com absoluto sucesso: uma filha linda e o seu livro que será um sucesso. Não sei se você já plantou a árvore, mas com certeza será ou foi mais fácil. Não tenho a sua habilidade para escrever, mas quero reafirmar meu respeito e meu carinho por você. Parabéns. Carmen Zanotto, deputada federal.

Querido mestre, Severo! Antunes, anos se passaram de quando trabalhei com você no Caros Ouvintes e muito aprendi por lá. Só guardo lembranças boas. Hoje, após 1 ano e meio de muito trabalho à frente da Célula, cada vez mais me espelho em figuras como você, com uma linda história profissional. Gisele Machado, sócia-diretora da Célula Comunicação

Querida Ana, Parabéns mais uma vez pelo lançamento do livro. A noite estava sensacional! E termino de ler a obra hoje. Teu trabalho está formidável! Tendo já lido, com grande emoção e atenção, mais de dois terços da obra, te digo: é impecável! Teu colega orgulhoso e abençoado pela tua realização sobre a vida de um Ser tão amado e querido como o Antunes o é, para mim e tantos mais! Mário Xavier, jornalista

Ana, terminei de ler o livro. Adorei, pois eu mesma vivi na cidade (como dizíamos nós que vivíamos do lado continental) muitos momentos relatados pelo seu livro. Eu era criança na época, meus pais escutavam rádio sempre. Com as telenovelas, lembro de minha mãe chorando…rs. Miramar, praia clube, charretes, Lojas Miscelania, Ponto Chic e tantos outros. Com certeza ainda terás muitas histórias ou estórias para um outro livro. O Severo com certeza tem muito mais a contar….. Você foi muito feliz juntando a vida do Severo com a nossa Floripa de ontem e hoje. Parabéns e sorte!!! Nete Cruz

Concluí a leitura neste final de semana. Que história de vida fantástica. Um exemplo. Recomendo. Bom demais. João Carlos Mendonça, jornalista

Digníssima Ana. A leitura do seu magistral livro é um mergulho nas águas suaves e translúcidas de um tempo romântico e feliz. Georgino Melo e Silva

Ô estimado! Acabei de ler o teu livro. Que linda trajetória, meu amigo! (eu já disse isso!). Que jornada inspiradora! Difícil descrever a emoção que a leitura me proporcionou. Grande orgulho de privar da tua amizade! Parabéns (e obrigada) à Ana Lavratti pela iniciativa! Norma Bruno, escritora 

“Amigo, Antunes Severo, você foi um dos mais brilhantes homens de rádio que conheci. Lembro-me sempre de você, na sacada do edifício onde se situava a Rádio Diário da Manhã, na Praça XV, em Florianópolis, no carnaval de 1958, descrevendo, em memorável improviso, para os ouvintes da Bandeirantes de São Paulo, o carnaval de rua de Florianópolis. Grande gaúcho, você revolucionou o rádio de Santa Catarina. Sinto imenso orgulho de ser seu amigo desde 1958! De Itajaí fui paraa Bandeirantes. Ingressei numa emissora com grande audiência nacional, mas não esqueci do padrão moderno de rádio que você criou na Difusora Itajaí. O rádio catarinense lhe deve muito, Eurídes Antunes Severo, acredite! ” Odemar Costa, locutor.

Bom dia Antunes, depois dessa pequena maratona, ontem (26/11/12) deitei cedo, guardei o livro que estava lendo e fui logo matar a curiosidade, abrindo o livro da tua biografia. Inicialmente, li com muita atenção todos os detalhes de capa, etc. Parabéns, pela precisão  dos fatos. Todos os personagens do início eu conheci pessoalmente, desconhecia totalmente os fatos de tua vida, como temos origem bastante semelhante, pude avaliar com muita precisão. O difícil foi parar de ler, li até a metade e talvez hoje conclua. Tua vida, sem favor algum, merece um filme (que nem Os Filhos de Francisco). Mais uma vez parabéns pela tua força, determinação, coragem e honestidade, como não tenho o dom de escrever, faltam palavras para melhor destaque. Já que tive que deixar a casa paterna aos oito anos, para poder estudar, depois sempre voltei apenas nas férias, aprendi com alguma dificuldade (palavras de um filósofo), que “um homem quando perde dinheiro, perde muito, quando perde um amigo, perde mais, quando perde a coragem perde tudo”. Um grande abraço. Eloy Severo, primo irmão

Bom meu caro Antunes. Quanto tempo não nos falamos, hein! Como vai o amigo? Recentemente tive a oportunidade de ler seu livro e confesso que fostes e és uma lição de vida para qualquer pessoa nesse mundo. Vindo praticamente do nada e criando uma história de vida que deixará para as futuras gerações um marco e uma fonte riquíssima de exemplo de superação e conquistas. Parabéns amigo por esse exemplo de vida. Luiz Carlos Silva, professsor, radialista e radiodifusor

Sou Fabiano de Oliveira, filho do jornalista Manoel Timóteo de Oliveira e gostaria através deste parabenizar ao querido Antunes Severo pela excelente história de vida narrada no livro e pelo excelente trabalho de Ana Lavratti. Devido a compromissos profissionais não pude estar na feira do livro para conhece-los pessoalmente mas deixo aqui um forte abraço e mais uma vez parabéns pelo trabalho. Fabiano de Oliveira | Diretoria de Assistência Farmacêutica /SES/SC